• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Vacinação e controle da pandemia são principais desafios da saúde para 2021


A secretária de Saúde de Foz do Iguaçu, Rosa Jeronymo Lima, disse nesta terça-feira, 5, que a vacinação da população contra o coronavírus e o controle da pandemia da pandemia da covid-19 são os desafios imediatos para 2021. Entre as prioridades, também urgentes para Rosa Jeronymo, estão ainda a humanização no atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde) e a retomada das cirurgias eletivas e exames de alta complexidade, suspensos por tempo indeterminado em função do quadro pandêmico enfrentado pelos governos estadual e municipal.


"O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, garantiu ao prefeito Chico Brasileiro que teremos a vacina entre o final de janeiro e início de fevereiro. O Estado também disponibilizará os insumos necessários (seringas e agulhas, bem como equipamentos de refrigeração), embora tenhamos estoque de seringas e agulhas para atender a demanda", disse Rosa Jeronymo.


Rosa Jeronymo adiantou que a cidade estará com toda a logística organizada para receber o imunizante e vacinar a população. "Iniciaremos a vacinação de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, atendendo de imediato os grupos prioritários como os profissionais de saúde e os idosos", completou.


Gargalos - A humanização do SUS, reafirma a secretária, é fundamental para a melhoria da atenção à saúde. Rosa Jeronymo disse que alguns gargalos se intensificaram em função da pandemia e citou o represamento das cirurgias eletivas e alguns exames de alta complexidade. "Junto com as equipes de saúde, vamos viabilizar os mutirões para atender essas demandas, tão logo tenhamos o controle da pandemia".


A atenção básica, a porta de entrada do SUS, também será prioridade e faremos reuniões com todas as equipes para ouvir as demandas e juntos avançar na qualidade dos serviços prestados. "Vamos ampliar os convênios com as universidades e faculdades para as capacitações e outras estratégias que venham a melhorar o sistema de saúde", disse.


"Queremos dar ênfase na promoção da saúde e buscar trabalhar junto com outras secretarias no sentido de viabilizar ações de promoção de saúde (esporte, meio ambiente, agricultura, assistência socia e Direitos Humanos)", completou a secretária.


Novo convênio - Em relação a contratação de novos profissionais, a secretaria vai analisar o atual do quadro de servidores do setor e buscar a readequação das funções, tendo em vista que a lei federal 173/20 que, em função da pandemia, proíbe novas contratações até dezembro de 2021.


Já o hospital municipal Germano Lauck recebeu um grande investimento em 2020, ampliou o número de leitos e recebeu novos equipamentos. "Tem mais uma ala prevista para abrir agora em janeiro para suprir as demandas da covid-19. Também foi viabilizado um novo convênio com a Itaipu Binacional que viabilizará a compra de novos e modernos equipamentos, entre eles, um aparelho de hemodinâmica e outro de ressonância magnética".


Rosa Jeronymo afirmou que a pandemia mostrou que a telemedicina é um importante recurso de atenção em saúde e que esse serviço será ampliado para atender a rede básica do setor. "A longo prazo, dentro dos próximos quatro anos, vamos construir novas UBS em áreas que já foram definidas no orçamento participativo e que não se viabilizaram em função da pandemia".

0 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png

TORRE MARECHAL

Rua Marechal Floriano Peixoto, 960

Centro - Foz do Iguaçu / PR,

CEP: 85010-250

Salas: 53 e 54 - 5° Andar

Telefone: (45) 3526-1248

© 2020 . ORGULHOSAMENTE CRIADO POR AGÊNCIA LUDKUS