• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Profissionais da saúde dos hospitais Municipal e Costa Cavalcanti são os primeiros vacinados em Foz


O ato simbólico, que aconteceu na manhã desta quarta-feira hoje, 20, é marco de um tempo de grande esperança contra a doença.


O enfermeiro Fernando Zarth, do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), em Foz do Iguaçu, no Paraná, foi um dos primeiros profissionais de saúde que atuam na linha de frente da covid-19, a receber a imunização contra o novo coronavírus, no Oeste do Paraná. “Estou muito emocionado. É um dia histórico, de orgulho e reconhecimento aos heróis da saúde”, agradeceu. Ele representou a equipe de 374 colegas do HMCC, que trabalham sem parar, dia e noite, desde o início da pandemia, há dez meses, numa grande batalha pela vida.


Mantido pela usina de Itaipu, o HMCC, por meio de um convênio com a usina, montou uma grande força-tarefa para ajudar toda a região no combate à pandemia. A Itaipu distribuiu mais de R$ 50 milhões de recursos em ações e iniciativas, como a criação de 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 22 de enfermaria, aplicou testagem de PCR em mais de 43 mil pessoas, comprou e repassou materiais e insumos para atendimentos de pacientes positivados da doença.


*Ato simbólico*

O ato simbólico da vacinação contra a covid-19 ocorreu numa cerimônia às 7h30 no Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL), nesta quarta-feira, 20. A primeira profissional a ser vacinada foi a enfermeira Karin Zilli, de 44 anos. A solenidade teve como mote “A esperança de um novo tempo” e contou com a participação do vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio; a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo; a Diretora Regional da Saúde na 9ª Regional de Saúde, Ielita Santos; e os diretores do HMCC, Fernando Cossa, e do HMPGL, Sérgio Fabriz.


*Alegria de ser imunizado e trabalhar na linha de frente*

Para o enfermeiro do HMCC: “trabalhar na Unidade de Terapia Intensiva Covid foi uma explosão de sentimentos. Foram meses de euforia, felicidade por ajudar e de muito aprendizado”, disse. E complementou: “Representar um time de grandes profissionais de saúde do Hospital Ministro Costa Cavalcanti é extremamente gratificante e uma grande honra”.


Fernando faz parte da Família HMCC há 20 anos. Ele entrou como auxiliar de enfermagem e se tornou “prata da casa” depois de muito estudo e dedicação. “Nasci neste hospital em 1981, entendo que meu trabalho é uma missão de vida. Trabalhar na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus só me fez ter mais certeza disso”, explicou.


Para cumprir essa missão, ele precisou fazer alguns ajustes na vida pessoal. “Entrei na ala covid-19 do HMCC com total apoio da minha esposa e dos meus filhos. Foi com o objetivo de montar uma equipe de excelência, independente das dificuldades que encontraríamos pelo caminho. E conseguimos”.

Fernando relatou ainda que durante esses dez meses, eles não trataram apenas da doença, mas, sobretudo, do ser humano que estava ali. “Fizemos um exercício de empatia. Para isso, sempre nos colocamos no lugar dos nossos pacientes e dos nossos colegas que têm dado a sua melhor contribuição. Tem sido muito gratificante”.


*Outros profissionais imunizados*

Depois do ato simbólico, a imunização continuou nos Hospitais Costa Cavalcanti, Municipal e Unimed. Só no HMCC, quase 400 colaboradores, médicos e terceirizado, que trabalham diretamente no enfrentamento ao novo coronavírus, receberão a vacina. A imunização faz parte de um esforço em conjunto das áreas de saúde para vacinar 1.844 profissionais da linha de frente, seguidos de idosos abrigados em asilos e indígenas.


*Cuidar de todos*

“Este momento é de grande emoção para todos nós. Poder vacinar nossos profissionais que, por meses, arriscaram a própria vida para salvar a de outras pessoas, só demonstra que estamos no caminho certo e cumprindo nossa missão de cuidar de pessoas, valorizando e salvando vidas”, reforçou o diretor superintendente do HMCC, Fernando Cossa. Segundo ele, “cuidar da nossa família, nossos colaboradores, médicos e terceiros, não tem preço”.


A vacinação no HMCC está sendo feita pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde de Foz, acompanhadas pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt) do Centro Hospitalar.


*Combate ao novo coronavírus*

Quando a pandemia chegou a Foz do Iguaçu, em março de 2020 a Itaipu Binacional firmou um convênio de dez meses com a instituição hospitalar, no valor de R$ 24 milhões, para o enfrentamento da covid-19. Outros recursos foram aportados para outras ações, como auxílio eventual a entidades de ajuda humanitária e contratação de 800 bolsistas em parceria com o governo do Estado.

O recurso do convênio de R$ 24 milhões foi usado em Foz do Iguaçu e em toda a 9ª regional de saúde — Foz, Itaipulândia, Matelândia, Medianeira, Missal, Ramilândia, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu —, num universo estimado de 400 mil pessoas.


O fundo emergencial possibilitou a reestruturação física do HMCC para atendimento de casos específicos de covid-19, a compra, em caráter urgente, de medicamentos e equipamentos, como, por exemplo, os de proteção individual e materiais médicos, além de contratação de pessoas, gerando oportunidade de emprego.


Hospital estruturou uma ala exclusiva para atendimento de pacientes de covid-19, com 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 22 leitos de enfermaria.


*Histórico*

Em abril de 2020, o HMCC obteve o credenciamento do Laboratório Central do Estado para fazer testes Real Time – PCR, com diagnóstico em até três horas. Para os laboratórios de Análises Clínicas e, especialmente, de Saúde Única do Centro de Medicina Tropical, foram adquiridos equipamentos de automação e de reagentes para realizar exames diagnósticos, com destaque para o PCR para a covid-19.


*Banco de dados*

O hospital também colocou em vigor um plano de contingência com a estruturação do núcleo de inteligência covid-19, que elabora e divulga boletins diários internos sobre tratamentos, treinamentos e simulações.

Também foi aberto um pronto atendimento respiratório seguindo rigorosamente indicações técnicas dos melhores centros de referência.

2 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png

TORRE MARECHAL

Rua Marechal Floriano Peixoto, 960

Centro - Foz do Iguaçu / PR,

CEP: 85010-250

Salas: 53 e 54 - 5° Andar

Telefone: (45) 3526-1248

© 2020 . ORGULHOSAMENTE CRIADO POR AGÊNCIA LUDKUS