• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Prefeitura busca inclusão de Foz do Iguaçu em projeto de Destino Turístico Inteligente


Prefeito Chico Brasileiro e secretário Paulo Angeli se reuniram com o ministro do Turismo, Gilson Machado, para apresentar os projetos que o município desenvolve no âmbito de cidades inteligentes_


O prefeito Chico Brasileiro e o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, reuniram-se com o ministro do Turismo, Gilson Machado, em Brasília, para apresentar uma proposta de inclusão de Foz do Iguaçu no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente, uma iniciativa do Governo Federal para desenvolver cidades turísticas de forma inovadora e interativa, nos eixos de governança, inovação, tecnologia, sustentabilidade e acessibilidade.


A reunião, nesta terça-feira (06), também contou com a presença do deputado federal Paulo Eduardo Martins. O prefeito e Angeli apresentaram os trabalhos realizados em Foz no âmbito de cidades inteligentes, como a seleção de empresas para testarem as tecnologias no projeto Vila A Inteligente, em parceria com a Itaipu Binacional e Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e o Centro Municipal de Inovação.


O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a retomada das atividades turísticas no Brasil e ressaltou as belezas de Foz do Iguaçu, um dos principais destinos do nosso país. Machado Neto já deixou marcada, inclusive, uma visita à cidade no próximo sábado (10).


“Foz do Iguaçu se destaca, além da sua vocação natural para o turismo, na produção de energia, no comércio internacional e na logística, como o principal eixo rodoviário de importação e exportação da América Latina, e vem se posicionando também, como polo educacional e de inovação e tecnologia”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.


Segundo Paulo Angeli, a Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos vem trabalhando no sentido de posicionar o município como Destino Turístico Inteligente, planejando ações e diagnósticos, além de participar de formações, criar políticas públicas, apoiar projetos estratégicos e articular com parceiros a partir da Gestão Integrada do Turismo.


“Uma série de mudanças estruturais no setor do turismo justifica a necessidade de novas abordagens na gestão dos destinos turísticos, necessidade esta que converge com a consolidação da Smart City e que torna o destino turístico inteligente uma referência para a gestão do turismo”, afirmou o secretário.


*Destino Turístico Inteligente*


Destino Turístico Inteligente é um destino turístico inovador, consolidado em uma infraestrutura tecnológica de ponta, que garante o desenvolvimento sustentável do território turístico, acessível a todos, o que facilita a interação e integração do visitante com o meio ambiente, aumenta a qualidade da experiência no destino e melhora a qualidade de vida do morador.


No Brasil, o conceito está sendo promovido por uma iniciativa dos Ministérios do Turismo e da Ciência, Tecnologia e Inovações. Ele é baseado em um modelo criado pela Sociedade Mercantil Estatal para a Gestão da Inovação e as Tecnologias Turísticas (SEGITTUR), da Espanha.


Já foram escolhidos dez destinos nacionais que irão passar por um diagnóstico com a finalidade de traçar uma estratégia inovadora. Os municípios definirão os cronogramas de implantação com base nos resultados da avaliação realizada e de acordo com as principais necessidades e possibilidades de cada um.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-48222

0 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png