• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

MP deflagra operação em Umuarama e prefeito Celso Pozzobom é detido


Agentes cumprem 62 mandados de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (5). Segundo o Ministério Público, há denúncia de desvio de verbas do Fundo Municipal de Saúde e de 'fura-fila' na vacinação.


Sete pessoas foram presas em uma operação do Ministério Público do Paraná (MP-PR) que investiga o desvio de verbas do Fundo Municipal de Saúde, em Umuarama, na região noroeste do estado, na manhã desta quarta-feira (5).


Os agentes cumprem 62 mandados de busca e apreensão.


Segundo o MP-PR, a operação também investiga um esquema de "fura-fila" na vacinação. A ação tem apoio da Polícia Militar (PM).


A operação é do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Cascavel, Subprocuradoria de Justiça de Curitiba e do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria).


Até a publicação desta reportagem, o MP-PR não havia informado mais detalhes da investigação e os alvos da operação. Apesar disso, equipes da PM estiveram na sede da 12ª Regional de Saúde e na Secretaria Municipal de Saúde.


Equipes da PM também estiveram em hospitais da cidade e na Prefeitura de Umuarama.


O outro lado

A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que a Regional de Saúde de Umuarama apresentou os documentos solicitados pelo Gaeco na operação. Segundo a Sesa, as informações solicitadas são referentes ao fluxo de entrada e saída de doses.


A pasta disse que é responsável pela distribuição de doses aos municípios, mas que a estratégia e aplicação dos imunizantes são dos municípios.





89 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png