• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Guarda Municipal baleado passa por cirurgia e segue internado no Hospital Municipal de Foz


O Guarda Municipal Paulo Henrique Cossa, vítima de um disparo de arma de fogo na quarta-feira (7), passou por duas cirurgias, na cabeça e no fêmur, após ser atingido ao tentar evitar um assalto em andamento na Avenida Sílvio Américo Sasdelli.


Ele segue internado em estado grave no Hospital Municipal, mas de acordo com os médicos, já reagiu a estímulos e está em observação.


Nesta quinta-feira (8), o diretor da Guarda Municipal, inspetor Edimar Langnier, convocou uma coletiva de imprensa para dar novos detalhes sobre o caso. A esposa do GM foi atingida no braço, passou por procedimentos médicos e está bem.


Dois assaltantes participaram da ação e um dos envolvidos no caso foi detido. O jovem de 24 anos estava em uma festa no momento da prisão, mas já desarmado. O segundo suspeito ainda não foi localizado, mas as buscas seguem em andamento.


“O guarda municipal tem esse instinto de proteger a população. Uma característica de ver o perigo e agir para coibir. Sabemos que é uma profissão de risco, mas cada agente avalia o momento e age conforme for viável. Vamos continuar acompanhando o caso e torcendo para que tudo acabe bem”, contou Langnier.


Paulo Henrique Cossa faz parte da primeira turma de Guardas Municipais formados em Foz do Iguaçu e trabalha na corporação há 27 anos.

14 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png