• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Governo anuncia que assinou compra de doses das vacinas da Pfizer e Janssen


Nesta segunda-feira (15), ministro Eduardo Pazuello apresentou dados sobre a vacinação e o combate à pandemia no país


O Ministério da Saúde anunciou ter assinado contratos com a Pfizer e a Janssen para a compra de 138 milhões de doses das vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pelas farmacêuticas. Os números e prazos para o recebimento dos imunizantes foram apresentados nesta segunda-feira (15) pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em coletiva de imprensa.


Segundo a pasta, a Pfizer entregará 100 milhões de doses até setembro, enquanto a Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, 38 milhões até novembro.


De acordo com os números apresentados nesta segunda-feira, a primeira remessa de imunizantes da Pfizer, com 1 milhão de doses, será entregue até o final de abril. Já a Janssen fará sua primeira entrega, de 16,9 milhões de doses, até o final de agosto.


A distribuição das entregas ficou assim dividida:

Pfizer

Até o final de abril: 1 milhão de doses

Até o final de maio: 2,5 milhões de doses

Até o final de junho: 10 milhões de doses

Até o final de julho: 10 milhões de doses

Até o final de agosto: 30 milhões de doses

Até o final de setembro: 46,5 milhões de doses

Janssen

Até o final de agosto: 16,9 milhões de doses

Até o final de novembro: 21 milhões de doses

Mais imunizantes

Além das vacinas das duas farmacêuticas, o Ministério da Saúde diz ter contratado a aquisição dos imunizantes AstraZeneca/Oxford - feita em parceria com a Fiocruz no Brasil -, Coronavac - desenvolvida no país pelo Instituto Butantan - Sputnik V e Covaxin. Além disso, um imunizante ainda a ser definido pelo consórcio Covax Facility também é aguardado pelo governo.


Apesar de constarem nos planos do governo, a Covaxin, a Sputnik V e a Janssen ainda não têm autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial no Brasil.


Veja o número contratado de doses de cada vacina até o final de 2021:

AstraZeneca/Oxford: 222,4 milhões de doses

Coronavac: 130 milhões de doses

Covax Facility: 42.511.800 milhões de doses

Covaxin: 20 milhões de doses

Sputnik V: 10 milhões de doses

Pfizer: 100 milhões de doses

Janssen: 38 milhões de doses

Total: 562.911.800 milhões de doses


Propostas anteriores da Pfizer

O anúncio da contratação de 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer ocorreu seis meses depois de o laboratório ter oferecido suas vacinas ao país pela primeira vez.


Ainda em janeiro deste ano, a Pfizer emitiu um comunicado informando que encaminhou três propostas ao governo brasileiro para uma possível aquisição de 70 milhões de doses de sua vacina.

0 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png