• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Gincana de Itaipu contra a dengue mobiliza bairros que somam mais de 100 mil moradores



Organizada por Itaipu e parceiros, iniciativa recebeu 22 inscrições de entidades e associação de moradores. Vistorias nas casas começam nesta quinta-feira (10).


A gincana “Todos contra a Dengue”, organizada pela Itaipu Binacional e parceiros, recebeu 22 inscrições de entidades e associações de bairros de Foz do Iguaçu que, juntas, representam uma população superior a 100 mil pessoas, conforme levantamento junto às próprias instituições. É quase a metade dos habitantes do município. O objetivo é mobilizar os moradores para conter a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença, com ações práticas e educativas.


Nesta quinta e sexta-feira (dias 10 e 11), a competição entra em sua fase decisiva, com a visita das equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Vinte casas de cada bairro inscrito serão vistoriadas. As residências sem criadouro do mosquito da dengue e com a limpeza de acordo com os padrões sanitários da Vigilância Sanitária receberão um selo verde, que renderá 50 pontos para o seu bairro.


Ao final da disputa, os três bairros com maior pontuação ganharão prêmios correspondentes a R$ 55 mil do auxílio eventual da margem brasileira de Itaipu, totalizando um investimento de R$ 165 mil. O valor deverá ser aplicado em projetos de melhoria para o próprio bairro, como obras de infraestrutura. Além da premiação, todos os participantes receberão Certificado de Participação e o selo de “Bairro Amigo da Saúde”.


O coronel Jorge Aureo, assessor especial do diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, lembrou que o calor e a chuva, típicos desta época do ano, contribuem para a proliferação do Aedes aegypti. Por isso, a gincana torna-se uma ferramenta importante para alertar a população. “Temos que estar atentos porque a dengue é uma doença que mata. Não podemos nos descuidar e a mobilização é fundamental.”




*Participação*


A gincana reúne grupos organizados de todos os tamanhos. A Associação dos Moradores dos Bairros Unificados da Região do Morumbi, por exemplo, representa uma população de quase 50 mil pessoas. Na Associação dos Moradores do Jardim Veraneio, com suas nove ruas e 230 casas, são cerca de 800 moradores.


“Aqui a gente se organizou, fez reuniões, e todos acharam excelente a ideia. Estão todos se divertindo e ajudando a deixar o bairro mais limpo”, afirmou o presidente Osmar Rodrigues da Silva, do Jardim Veraneio. Segundo ele, a entidade tradicionalmente se mobiliza em janeiro para ações contra a dengue. Neste ano, por causa da gincana, o trabalho começou mais cedo.


“Conseguimos doação de caçamba, sacos de lixo, material para pintar o meio-fio e até camisetas com a inscrição ‘Dengue no Jardim Veraneio, não!’”, antecipou. Além do próprio bairro, a ação se estende para parte do Bubas, ocupação urbana vizinha. “Na minha opinião, a gincana é uma iniciativa excelente. Uma coisa que faltava para que muitas associações de moradores da cidade entrassem na luta contra a dengue”, afirmou.


O presidente da Associação dos Moradores dos Bairros Unificados da Região do Morumbi, Marcos Heuri Antonio Cardoso, também elogiou a iniciativa. “Vejo a importância dessa gincana como uma mão amiga estendida por parte da Itaipu”, disse. “Também a vejo como um oferecimento para uma parceria e propósito, proposito este de melhorar e preservar a vida humana. E juntos somos mais fortes.”


*Quesitos*


Uma comissão formada por Itaipu e parceiros vai acompanhar a execução das atividades, avaliará as ações enviadas e validará a pontuação final. Serão analisados cinco quesitos: vistoria nas residências do bairro; envolvimento comunitário; ações individuais e coletivas; limpeza de vias públicas; e produção de vídeo.


Serão consideradas ações de sensibilização, disseminação de informações e orientação à população, coleta de materiais, limpeza de terrenos e vias, limpeza de quintais, extermínio de focos e criadouros do mosquito Aedes aegypti e mutirões de limpeza – que deverão ser comprovadas por fotos ou vídeos.


O período de julgamento será de 16 a 21 de dezembro, com a divulgação dos vencedores no dia 22. A entrega da premiação e dos certificados será feita em sessão pública, em data e local a serem definidos, respeitando os protocolos de segurança sanitária da pandemia de covid-19.


A flexibilização da regra inicial, que exigia a inscrição no cadastro de fornecedores de Itaipu, e ampliação do prazo de inscrições, de 25 de novembro para 2 de dezembro, permitiram a maior participação de associações. O cadastro agora só será exigido para os vencedores da gincana.


*Organização*


A gincana é uma inciativa da margem brasileira de Itaipu, por meio do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde, e conta com o apoio de vários parceiros, entre eles a Prefeitura, CCZ, Centro de Medicina Tropical do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) e o Corpo de Bombeiros.


Dúvidas podem ser esclarecidas pelo WhatsApp no número 45 98815 0673 (“Linha Todos Contra a Dengue”). O regulamento da gincana está disponível no link: https://bit.ly/374kWhV.


*Auxílio emergencial*


O auxílio eventual da margem brasileira de Itaipu foi ampliado em 2020 para R$ 5,5 milhões, permitindo o atendimento a entidades assistenciais, sem fins lucrativos, que sofreram impacto econômico causado pela pandemia de covid-19. O valor é mais de três vezes superior ao previsto antes da crise sanitária. Os recursos já beneficiaram quase 30 mil pessoas, direta ou indiretamente, em municípios do Oeste do Paraná.


Itaipu também investiu aproximadamente R$ 30 milhões em ações de combate à covid-19. O valor inclui a reestruturação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela usina, um convênio com o governo do Estado para contratação de bolsistas da área de saúde em todo o Paraná, e capacitação de guias de turismo – entre outras medidas. Todas as ações seguem as diretrizes do governo federal para ajudar os públicos mais vulneráveis.

0 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png

TORRE MARECHAL

Rua Marechal Floriano Peixoto, 960

Centro - Foz do Iguaçu / PR,

CEP: 85010-250

Salas: 53 e 54 - 5° Andar

Telefone: (45) 3526-1248

© 2020 . ORGULHOSAMENTE CRIADO POR AGÊNCIA LUDKUS