• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Foz do Iguaçu registra 96% de cura dos casos de covid-19


Mais de 32 mil pessoas que contraíram a covid foram curadas da doença; prefeitura faz monitoramento e atendimento domiciliar de idosos e pessoas com comorbidades_


Foz do Iguaçu registra 33.264 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, em março do ano passado. Destes, 32.088 pessoas - 96,46% dos casos - estão curadas. O número é muito superior à quantidade de casos ativos (429) que são os pacientes em acompanhamento médico ou isolamento domiciliar.


Segundo a Secretaria de Saúde, nas últimas 24 horas foram registrados três mortes e 55 novos casos. Ao todo, a cidade tem 744 óbitos. A incidência é de 12.989 a cada 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade é de 2,25%. Foz do Iguaçu conta com 125 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 89 de enfermarias exclusivas para atendimento da doença. A ocupação de leitos UTI está em 77,60%, enfermaria em 39,33%.


A mortalidade em decorrência da doença reduziu significativamente em comparação com última quinzena de março, mês considerado com mais mortes desde o início da pandemia, 235 óbitos. O ano de 2021 é potencialmente um ano mais letal que 2020. No ano passado foram registradas 275 mortes por covid-19, enquanto, neste ano, são 472 óbitos em decorrência da doença.


*Programa*


Segundo o monitoramento da Vigilância Epidemiológica, a faixa etária com maior número de mortes foi entre 70 e 79 anos, do sexo masculino. Outro fator determinante para o agravamento da doença e identificado em 95,1% dos óbitos é a presença de uma ou mais morbidades e fatores de risco de saúde.


O prefeito Chico Brasileiro destacou em entrevista, que as comorbidades como hipertensão, diabetes e obesidade são um sinal de alerta quando associadas a um caso positivo de covid-19. "Foi diante desse monitoramento, realizado pelas equipes de saúde, que implantamos o programa de Atendimento Domiciliar Covid-19".


"Esse programa atende idosos e pessoas com comorbidades, com a finalidade de acompanhar os casos de risco e reduzir as chances de morte das pessoas com alguma doença associada", completou. De janeiro a março deste ano, o Atendimento Domiciliar Covid-19 fez mais de 900 visitas.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47766

4 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png