• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Foz Conhecendo Foz resgata autoestima de profissionais do transporte e turismo


Categorias foram prejudicadas pela paralisação das atividades por conta da pandemia; mais de 300 profissionais já foram cadastrados pela Prefeitura


O programa Foz Conhecendo Foz, lançado oficialmente neste sábado, 16, vai possibilitar que quase 300 profissionais do setor turístico e do transporte turístico e escolar da cidade retomem as atividades, paralisadas ou reduzidas em virtude da pandemia do novo coronavírus.


O aumento de renda e o resgate da autoestima dos trabalhadores é um dos principais ganhos da iniciativa, desenvolvida pela Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.


O programa vai organizar, a partir da próxima segunda-feira, 18, passeios dos moradores de Foz do Iguaçu aos atrativos turísticos da cidade, gratuitamente e com transporte incluso, em vans conduzidas por motoristas de transporte turístico ou escolar.


As visitas – às Cataratas, à Itaipu, ao Ecomuseu e ao Marco das Três Fronteiras – serão feitas acompanhadas por guias de turismo, proporcionando aos moradores uma experiência similar à vivenciada pelos turistas que vêm a Foz.


O presidente do Sindicato dos Proprietários de Veículos no Transporte Escolar de Foz do Iguaçu (Sinprovete), Eudes Mauricio Guiotto, destaca que, além da dificuldade econômica por conta da paralisação das atividades, muitos profissionais vêm enfrentando problemas de saúde, como depressão e síndrome do pânico.


O início do programa empolgou a categoria, conta. “Eles veem a perspectiva de voltar a dirigir. Tem pessoas que nem ligavam mais o carro desde que entrou a pandemia”, afirma Guiotto.


Segundo o presidente da Cooperativa de Transporte e Turismo Alternativo (CootraFoz), Vitalino Capeletto, a maioria dos cooperados estava praticamente parada desde o início da pandemia. “Não tinha solução nenhuma. Alguns foram para outros setores, como carpinteiro, pedreiro, eletricista, mas nem todos se encaixaram”. A notícia do funcionamento do Foz Conhecendo Foz foi recebida com aplausos pelos trabalhadores, conta Capeletto.


O presidente da Liga Independente dos Guias de Turismo de Foz do Iguaçu (Liguia), Beto Silva, diz que o programa representa um “alento econômico” para os profissionais. “É um paliativo, mas um paliativo muito importante”, ressalta.


Alex Moneim é guia turístico desde 2015. Por ano, estima que chegava a atender cerca de 1.300 turistas. Em 2020, atendeu cerca de 100. A possibilidade de voltar à atividade pelo Foz Conhecendo Foz é animadora pela questão econômica, conforme ele, mas sobretudo pelo resgate da autoestima profissional. “A questão psicológica de poder trabalhar na área em que escolheu como profissão, interagir com as pessoas, encontrar colegas de trabalho, significa muito”.


Há 13 anos, Vilma Ribeiro Coltes é motorista de transporte escolar. Ela também faz artesanato. “Me virei nesse sentido, mas não foi fácil”. “Estamos desde março sem trabalhar, então esse projeto foi maravilhoso para a categoria escolar e do turismo”, comemora.


*Cadastro*


O cadastro dos profissionais de transporte e guias de turismo segue aberto. As inscrições podem ser feitas na sede da Prefeitura, na Praça Getúlio Vargas, número 280, Centro, no horário das 8h30 às 14h.


Para participar da ação, os trabalhadores deverão comprovar a aquisição de conhecimento técnico, histórico e cultural. Também assinarão termos de compromisso de atendimento a todas as medidas sanitárias e protocolos de segurança que estão sendo recomendados pela legislação, a fim de garantir a segurança contra a Covid-19. Os guias de turismo, autônomos ou pessoa jurídica, também deverão ter o cadastro ativo no Cadastur.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47283

6 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png