• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Estacionamento Regulamentado em Foz do Iguaçu terá novo sistema operacional


Possibilidade de pagamentos com cartões de débito e crédito é uma das novidades do novo sistema, que proporcionará mais conforto aos usuários_


O Estacionamento Regulamentado de Foz do Iguaçu (Estarfi) passará a receber pagamentos com cartões de crédito e débito, além das atuais formas com moedas ou por meio de aplicativo no celular. O novo modo de operacionalização do sistema prevê ainda a implantação de parquímetros multivagas, fiscalização embarcada, sistema de gestão e consultas por vagas on-line, e um Software de Gestão e Controle do Sistema.


As melhorias integram o novo contrato do Foztrans (Instituto de Transportes e Transito de Foz do Iguaçu) com a empresa Serbet - Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil, vencedora da licitação.


De acordo com o diretor superintendente do Foztrans, Licério Santos, a implantação das novas tecnologias não implicará em mudanças no valor do Estarfi. “Observamos um alto custo operacional devido à utilização de 293 parquímetros, que comportam apenas 10 vagas em cada aparelho. Na nova contratação, estes equipamentos serão dispostos nas áreas de abrangência do Estarfi, de forma a otimizar o seu uso com a utilização de parquímetros multivagas, sem limitações de quantidade de vagas por equipamento”, adiantou.


Ou seja, com a nova configuração, serão necessários apenas 90 equipamentos, dotados de tecnologia mais moderna, e dispostos na via de forma a atender as mais diversas necessidades dos usuários, permitindo o pagamento com cartões de débito e crédito, moedas e ainda com cartões recarregáveis.


Além do parquímetro como meio de pagamento, o motorista poderá utilizar o aplicativo tanto para o acionamento da vaga como para regularizar os avisos de irregularidades. Futuramente, por meio do aplicativo também será possível fazer a consulta sobre as vagas disponíveis em determinados locais da cidade.


“Com esta nova forma de operacionalização, mesmo com a utilização de equipamentos mais modernos e novas tecnologia, não tivemos nenhum aumento no valor do contrato, permanecendo praticamente o mesmo valor atualmente pago, no entanto, com um sistema muito mais moderno e eficiente”, reforçou Licério.


*Fiscalização embarcada*


O município também terá condições de otimizar a fiscalização, por meio do sistema de fiscalização embarcada com recurso OCR/LAP (Leitura Automática de Placas) e fornecimento de recursos tecnológicos aos agentes de fiscalização. Eles terão condições de melhorar o desempenho de suas funções com uma atuação mais eficiente e ágil, reduzindo a carga de materiais e o tempo da emissão do aviso de irregularidade.


“Teremos uma fiscalização mais eficiente nas áreas de abrangência do Estarfi, maximizando o uso das vagas nas vias públicas e apresentando benefícios significativos para a mobilidade urbana, com oferta democrática desses espaços e melhoria na circulação de veículos. Também vai melhorar a taxa de respeito de utilização do estacionamento regulamentado, que hoje está em torno de 38%, bem abaixo do esperado”, comentou o diretor superintendente.


A solução integrada para o controle de vagas é um instrumento necessário de gestão do trânsito. Esta é uma das melhores opções de que dispõem as cidades que desejam minimizar o problema da carência de vagas de estacionamento em regiões comerciais e de serviços, sendo a opção utilizada em diversos lugares do mundo.


*Frota*


Com o Estarfi, a utilização do espaço público se torna mais democrática, com a garantia da rotatividade das vagas e o melhor desenvolvimento das atividades econômicas. Atualmente, Foz do Iguaçu apresenta uma frota crescente. Em 2020, o município contava com aproximadamente 189.183 mil veículos licenciados e população estimada de 258.248 mil habitantes, segundo o IBGE, considerando ainda uma população flutuante de milhares de turistas, que em 2019 chegou a 3,5 milhões de pessoas.


*Implementação*


Os serviços de fiscalização do Estarfi ficarão suspensos a partir de segunda-feira (22), para a desmobilização do sistema atual e implantação do novo modelo, que deverá ocorrer no prazo de 20 dias. A retomada do serviço será amplamente divulgada.


Em virtude do novo sistema operar em outra plataforma, os créditos adquiridos no aplicativo Vago, usado no atual, poderão ser recuperados mediante o cancelamento da conta Vago, ou utilizados em outros municípios. Já os cartões/chaveiros recarregáveis serão substituídos nos próximos dias. As datas, locais e horários de atendimento também serão divulgados em breve.


Os avisos de irregularidade emitidos até o dia 20 de março poderão ser regularizados normalmente, dentro de 14 dias úteis após a notificação, na sede do Estarfi (Avenida Juscelino Kubitschek esquina com Rua Bartolomeu de Gusmão) ou com as orientadoras do Estarfi, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e nos sábados, das 8h às 12h30.


Mais informações: (45) 2105-1681


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47602

17 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png