• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Esperança mais perto da cura: enfermeira de Foz é a primeira pessoa do Oeste do PR a ser vacinada


Foz do Iguaçu faz parte do Programa Nacional de Imunização; campanha inicia nesta quarta-feira, 20


Depois de 10 meses na linha de frente do enfrentamento ao novo coronavírus pelo Hospital Municipal Padre Germano Lauck, a enfermeira Karin Aline Zilli, 44 anos, viu finalmente chegar o dia mais importante deste período: a chegada da vacina a Foz do Iguaçu.


Ela foi a primeira pessoa a ser vacinada no Oeste do Paraná. A enfermeira recebeu a primeira dose às 7h30. "É a esperança de um novo tempo”, disse.


Para proteger os pacientes, a equipe de profissionais de saúde e seus familiares, Karin conta que passou mais de três meses sem ver a mãe, que é idosa, não pôde pegar no colo o neto, que nasceu em julho do ano passado, e ainda perdeu várias noites de sono, por preocupação. A imunização vai possibilitar um pouco mais de tranquilidade para ela e os outros profissionais da área. “Vamos continuar nos cuidando, mas agora com mais segurança e mais preparo para que nossa vida possa voltar aos pouquinhos perto do que era antes.”


Logo depois de Karin, foram vacinados outros funcionários do Hospital Municipal, como a médica Tathiana Hermida Fagundes; Simone de Paula Rocha, do Grupo de Apoio de Higienização e Limpeza; e a fisioterapeuta Beatriz Fernandes Toccolini. Também foi vacinado o enfermeiro Fernando Luiz Dornelles Zarth, do Hospital Ministro Costa Cavalcanti.


Em uma mensagem por vídeo, o prefeito Chico Brasileiro, que está em isolamento domiciliar por causa do Covid-19, denominou a data da primeira imunização como o "momento de virada".


"Hoje é um dia que entra para a história de Foz do Iguaçu. Depois de tanto tempo de espera, finalmente a vacina chegou. Temos ainda um caminho muito longo a percorrer, mas as primeiras doses da imunização já dão uma sinalização de que poderemos voltar o mais cedo possível à normalização", destacou o prefeito. "E isso é o que todos querem", completou.


A secretária de Saúde, Rosa Jeronymo, que acompanhou o ato simbólico, ressaltou: "A vacina é o único caminho para a cura dessa doença que tanto devastou o mundo inteiro. É a única esperança de cura para o novo coronavírus".


De acordo com a secretária, as primeiras vacinações são o início do processo, mas é necessário manter os cuidados para evitar a disseminação do vírus. “Precisamos continuar nos protegendo, fazendo o distanciamento social, usando máscaras e higienizando as mãos, até que consigamos ter um número elevado de pessoas vacinadas.”


*Heróis da pandemia*


Foram 10 meses de uma luta intensa - dia e noite - contra um inimigo até então desconhecido por todo o mundo. Em Foz do Iguaçu, atuaram profissionais na linha de frente dessa batalha, entre eles médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas.


Os diretores do Hospital Municipal, Sérgio Fabriz, e do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, Fernando Cossa, participaram da ato simbólico da campanha de vacinação nesta quarta-feira. As duas unidades hospitalares foram essenciais no enfrentamento ao novo coronavírus durante a pandemia.


O Hospital Padre Hermano Lauck é considerado referência para os casos e o Costa Cavalcanti, por meio de convênio com a Itaipu Binacional, forneceu equipamentos, insumos e testagem essenciais para que o município pudesse enfrentar a doença de forma eficiente e humanizada.


Para os diretores dos hospitais, esse momento é de emoção, mas de muito alívio, já que a imunização dos profissionais da linha de frente permitirá mais tranquilidade e possibilidade para que essas pessoas possam finalmente passar mais tempo com suas famílias.


“Muitos desses trabalhadores deixaram seus lares por medo de se contaminar e para protegê-los, mas permaneceram firmes no hospital para atender a população. A vacina é a esperança de um novo tempo”, afirmou Fabriz.


“Poder vacinar nossos profissionais que, por meses, arriscaram a própria vida para salvar a de outras pessoas, só demonstra que estamos no caminho certo. E cumprindo nossa missão, de cuidar de pessoas”, disse Cossa.


*Casos de Covid no município*


Até terça-feira, 19, Foz do Iguaçu havia registrado 20.919 casos de Covid-19. Desse total, 20.096 já se recuperaram. Outros 404 estão em isolamento domiciliar.


*Cronograma de vacinas*


Foz do Iguaçu recebeu nesta primeira etapa da vacinação 3.193 doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac.


As primeiras doses serão destinadas aos profissionais de saúde da linha de frente no enfrentamento ao novo coronavírus, idosos em instituição de longa permanência e pessoas acima de 18 anos com deficiência que estão em residências inclusivas.


A diretora da 9ª Regional de Saúde, Iélita Santos, explicou que a Coronavac é tomada em duas doses com intervalo de 25 dias, conforme orientação do Governo do Estado.


*Presenças*


Participaram também do ato simbólico de início da campanha de vacinação em Foz o vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio; a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo; e a vereadora Anice Gazzoui, representando a Câmara de Vereadores.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47296

1 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png