• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Escola Municipal João da Costa Viana criam projeto de conscientização ambiental, em Foz


Os profissionais passaram por uma formação ambiental com a intenção de aprender e replicar o conhecimento aos moradores do bairro Três Lagoas


Os educadores da Escola Municipal João da Costa Viana, no bairro Três Lagoas, pintaram todas as tampas de bueiro próximas à escola na última semana. Muito além de decorar os bueiros, a ação pretende chamar a atenção da comunidade sobre a importância da preservação dos rios e dos cuidados com a destinação correta de resíduos.


A intervenção artística faz parte do projeto “Em tempos de repensar ações, sensibilizar é preciso” da escola. A ação foi feita em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.


A diretora da escola, Cátia Gadonski, destacou o papel dos educadores em relação à conscientização da população. “A sugestão deste projeto foi essencial para relembrarmos que boa parte do lixo descartado incorretamente acaba indo para os bueiros. O resultado disso se vê em transtornos para os bairros e prejuízos ao meio ambiente. Ações simples como esta podem impactar positivamente”, disse.


Projeto integrado


Antes da pintura, todos os servidores da escola participaram de formações ministradas pelo Centro de Educação Ambiental do Iguaçu (Ceai), com a missão de multiplicar as informações.


A iniciativa é composta por toda direção e coordenação pedagógica da escola e está sendo organizada pelas coordenadoras Janaina Proensa, Marilda Ribeiro Pereira e Salete Spengler.


“Pensamos em um projeto que primeiramente fosse trabalhado com os nossos servidores, professores e demais funcionários, para que eles fossem capacitados. Assim, são eles quem multiplicam com os alunos e o conhecimento é repassado”, afirmou Janaina Proensa.


O objetivo é integrar os novos conhecimentos com as ações que já existem na escola. A horta de chás medicinais que existe na escola é um dos exemplos. Mudas serão replantadas a partir do conhecimento adquirido nas formações, utilizando adubos do tratamento dos resíduos orgânicos feitos na composteira.


“O projeto é bem abrangente e audacioso. Queremos não só formar e sensibilizar nossos funcionários, mas atingir toda comunidade com esse trabalho, dentro do que é possível nessa época tão difícil para todos”, disse Janaina, se referindo às restrições impostas pela pandemia da covid-19.




Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47967

1 visualização0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png