• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Em dois meses, UBSs de Foz atendem 3,8 mil pessoas com sintomas de covid-19


Com a chegada do inverno, a expectativa é que a procura pelo atendimento nas unidades de saúde aumente_


Levantamento da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu aponta que 3.811 pessoas com sintomas de covid-19 foram atendidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), dessas 770 tiveram resultado positivo para a doença.


As unidades estão atendendo os casos sintomáticos da doença há dois meses - a medida descentralizou o atendimento, que era realizado exclusivamente no Hospital Municipal Padre Germano Lauck e na Unidade de Pronta Atendimento (UPA) Dr. Walter Cavalcante Barbosa, no Morumbi.


Desde março deste ano, pacientes com sintomas da covid-19 podem buscar atendimento em 10 das 30 UBSs da cidade. As unidades estão preparadas com um consultório próprio para os casos sintomáticos. As equipes foram capacitadas e contam com equipamentos de segurança para o atendimento.


"A escolha dos postos de saúde para esse atendimento levou em conta também a disponibilidade de uma farmácia para atender a população, sem que seja preciso o deslocamento para outra unidade de saúde", disse a secretária de Saúde, Rosa Jeronymo. Ela explica, ainda, que o atendimento nas unidades básicas de saúde já era recomendado pelo Ministério de Saúde desde o início da pandemia.


Mesmo ampliando o atendimento para sintomas da covid, os demais serviços oferecidos pelas UBSs seguem normalmente. "Quando tomamos a decisão de descentralizar o atendimento, a maior preocupação era atender a todos próximo de suas casas e evitar a circulação do vírus e o risco de contaminação de outras pessoas", reiterou a secretária.


Com a facilitação do acesso ao atendimento, o objetivo é incentivar que as pessoas busquem o atendimento logo no início dos sintomas, com o objetivo de reduzir a chance de agravamento da doença.


*Procedimento*


A secretária explicou que ao ser identificado o quadro sintomático respiratório, o paciente é encaminhado ao consultório exclusivo dentro da unidade para o atendimento médico. Ele responde um questionário padrão que dará suporte ao monitoramento. Em seguida, é notificado para iniciar o isolamento social e deverá realizar a testagem na UPA do Morumbi.


Se o caso for confirmado, o paciente com covid-19 será monitorado pelas equipes da unidade de saúde e, se necessário, receberá os medicamentos para os sintomas apresentados.


*Recurso para a APS*


Portaria do governo federal informa que Foz do Iguaçu vai receber repasse de R$ 944 mil para ações de combate à pandemia na atenção primária de saúde. Serão R$ 486 mil na modalidade per capita (número de moradores da cidade), R$ 132,6 mil (idosos), R$ 282,3 mil (nutrição) e R$ 42,8 mil (povos e comunidades tradicionais). O dinheiro será usado em ações de cuidado e saúde de pessoas idosas, crianças e gestantes, por exemplo.


Os recursos, em caráter excepcional, serão repassados em parcela única sem a necessidade de solicitação de adesão. "Esse valor será um grande apoio ao atendimento que está sendo realizado pela atenção primária, que tem como principal equipamento as unidades de saúde. O atendimento dos casos sintomáticos tem auxiliado em muito a rede, descongestionando o atendimento hospitalar", completou Rosa Jeronymo.


*UBSs que atendem casos suspeitos da Covid-19*


As unidades que estão atendendo pacientes sintomáticos respiratórios são as seguintes: UBS Profilurb II; Unidade de Saúde 24h Padre Ítalo, no Porto Meira; UBS Vila Yolanda; UBS do Morumbi II; UBS São Roque; UBS Jardim São Paulo I; UBS São João; UBS Jardim Jupira; UBS Cidade Nova; e UBS Vila C Velha.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47922

4 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png