• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Donos de bares e restaurantes de CDE protestam contra toque de recolher


Decreto do presidente Mario Abdo Benitez determina fechamento de todas as atividades a partir das 20h até às 5h, por 15 dias.


Funcionários e proprietários de bares e restaurantes de Cidade do Leste, no Paraguai, se manifestaram no início da noite de ontem contra o decreto do governo nacional de toque de recolher a partir das 20 horas. A determinação passou a valer a meia noite em 58 cidades do país, atingindo em cheio o setor gastronômico.


O protesto aconteceu na rótula do bairro Área 1, um dos pontos mais movimentados e passagem para a região mais boêmia da cidade. Os manifestantes bloquearam o trânsito de forma intermitente, causando congestionamento.


Bruno Meskin, presidente da Associação de Bares e Restaurantes de Cidade do Leste (Asobares), disse que o setor nunca recebeu apoio do governo central. “Nós sempre respeitamos as disposições do governo, que precisava de tempo e já se passou mais de um ano. Estão nos fechando pela quarta vez, justamente nesta época que é a mais complicada. Já estamos cansados. Pensam que nosso trabalho não é essencial, mas temos filhos, pais”, disse.


Segundo Meskin, mais de 3 mil pessoas trabalham no setor local, no qual dependem outras 12 mil.


O novo decreto em vigor desde a meia noite desta terça-feira (27) permite o funcionamento das atividades gastronômicas até às 20 horas, com delivery até ás 22 horas. As restrições valem por 15 dias, podendo ser prorrogadas.


A medida do governo tenta reduzir o número de casos de Covid-19 nestas cidades que estão em alerta vermelho.


Rádio Cultura

https://www.radioculturafoz.com.br/2021/04/27/donos-de-bares-e-restaurantes-de-cde-protestam-contra-toque-de-recolher/

9 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png