• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Decreto de Curitiba impede realização de jogos de futebol no fim de semana na capital


Medida pode impactar partida entre Paraná x Athletico, que está suspensa e com previsão de ser realizada no fim de semana. Decreto com medidas para combater a pandemia de coronavírus vale até a próxima quarta-feira


O decreto municipal de Curitiba, que prorrogou a bandeira laranja - que indica nível médio de alerta para a pandemia do novo coronavírus - volta a restringir jogos de futebol na capital.


A medida foi anunciada nesta terça-feira e prevê que não podem ser realizadas práticas esportivas coletivas nos fins de semana. A restrição em jogos de futebol foi confirmada pela Prefeitura de Curitiba.


O decreto deve impactar o jogo entre Paraná x Athletico, pelas quartas de final do Paranaense. A partida prevista para segunda-feira foi suspensa pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), após liminar obtida pelo Athletico, que alegou o não cumprimento do prazo mínimo de 66 horas entre um jogo e outro (os times jogaram no sábado passado).


Como o Athletico joga nesta quarta-feira contra o Melgar, pela Sul-Americana, na Arena da Baixada, o jogo entre os dois times do Paranaense também não poderia ser realizado na quinta-feira (data dos jogos de volta das quartas de final) e nem na sexta-feira, pois não obedeceria o prazo mínimo. Restava apenas o fim de semana.


A Federação Paranaense de Futebol (FPF) ainda não marcou o jogo entre os dois times. Os outros jogos das quartas de final - Cianorte x Londrina, Operário-PR x Azuriz e FC Cascavel x Maringá - não sofrem impacto com o decreto da capital paranaense. No entanto, após definidos três semifinalistas, será necessário esperar os jogos entre Paraná e Athletico para que os quatro adversários sejam conhecidos.



A data do fim do decreto, dia 26 de maio, não influencia nas séries A, B e C do Brasileiro, que têm início no dia 28 de maio, sexta-feira. Caso o decreto seja estendido, o Athletico pode ser impactado, pois estreia no dia 30, domingo, na Arena da Baixada, contra o América-MG.


O decreto também prevê toque de recolher das 21 horas às 5h todos os dias, que pode impactar em jogos noturnos na capital, como a partida entre Athletico x Melgar, pela Sul-Americana, nesta quarta-feira, que está prevista começar às 21h30.


Crescimento de casos


Curitiba volta a conviver com o aumento de casos de coronavírus, assim como em grande parte do estado do Paraná. A administração municipal informou, nesta terça-feira, a ocupação dos leitos de UTI do SUS destinados aos pacientes adultos com a doença é de 97%, enquanto a taxa da UTI pediátrica é de 40%. A ocupação dos leitos de UTI do SUS destinados aos pacientes adultos com a doença é de 97%, enquanto a taxa da UTI pediátrica é de 40%.


Desde o início da pandemia, foram 203.500 casos confirmados e 5.102 mortes registradas pelo coronavírus na capital. Há 8.647 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.



Atividades suspensas:

  • Estabelecimentos destinados ao entretenimento, tais como casas de shows, circos, teatros, cinemas e atividades correlatas;

  • Estabelecimentos destinados a eventos sociais e atividades correlatas, tais como casas de festas, de eventos ou recepções, incluídas aquelas com serviços de buffet, bem como parques infantis e temáticos;

  • Estabelecimentos destinados a mostras comerciais, feiras de varejo, eventos técnicos, congressos, convenções, eventos esportivos com público externo, entre outros eventos de interesse profissional, técnico e/ou científico;

  • Bares, tabacarias, casas noturnas e atividades correlatas;

  • Reuniões com aglomeração de pessoas, incluindo eventos, comemorações, assembleias, confraternizações, encontros familiares ou corporativos, em espaços de uso público, localizados em bens públicos ou privados;

  • Circulação de pessoas, no período das 21h às 5h, em espaços e vias públicas, salvo em razão de atividades ou serviços essenciais e casos de urgência;

  • Consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas.


Atividades liberadas com restrição:

  • Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias e centros comerciais podem funcionar das 9h às 19h, de segunda a sexta-feira, sendo autorizado aos sábados e domingos apenas o atendimento na modalidade delivery até às 19h;

  • Atividades de prestação de serviços não essenciais, tais como escritórios em geral, salões de beleza, barbearias, atividades de estética, serviços de banho, tosa e estética de animais e imobiliárias podem funcionar das 9h às 20h, de segunda a sexta-feira, com proibição de abertura aos sábados e domingos;

  • Academias de ginástica para práticas esportivas individuais podem funcionar das 6h às 21h, de segunda a sexta-feira, com proibição de abertura aos sábados e domingos;

  • Shopping centers abrem das 10h às 21h, de segunda a sexta-feira, sendo autorizado aos sábados e domingos apenas o atendimento na modalidade delivery até às 19h;

  • Restaurantes passam a funcionar das 10h às 21h, de segunda a sexta-feira, inclusive na modalidade de atendimento de buffets no sistema de autosserviço, e aos sábados e domingos apenas o atendimento nas modalidades delivery, drive-thru e retirada em balcão até às 21h, ficando vedado o consumo no local;

  • Lanchonetes passam a funcionar das 6h às 21h, de segunda a sexta-feira, inclusive na modalidade de atendimento de buffets no sistema de autosserviço, e aos sábados e domingos apenas o atendimento nas modalidades delivery, drive thru e retirada em balcão até às 21h, ficando vedado o consumo no local;

  • Panificadoras, padarias e confeitarias de rua passam a funcionar das 6h às 21h, de segunda a sexta-feira, sendo autorizado aos sábados e domingos das 7h às 18h, ficando vedado o consumo no local;

  • Lojas de conveniência em postos de combustíveis: das 6h às 21h, em todos os dias da semana, e aos sábados e domingos ficando vedado o consumo no local.

  • Para os seguintes estabelecimentos e atividades das 6h às 21h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados e domingos apenas o atendimento na modalidade delivery até às 21h, sendo vedado o consumo no local:

  1. comércio varejista de hortifrutigranjeiros, quitandas, mercearias, sacolões, distribuidoras de bebidas, peixarias e açougues;

  2. mercados, supermercados e hipermercados;

  3. comércio de produtos e alimentos para animais;

  4. lojas de material de construção;

  5. comércio ambulante de rua.


Proibida abertura aos sábados e domingos:

O decreto determina que as práticas esportivas coletivas ficam condicionadas ao cumprimento de protocolo específico, conforme determinado pela Secretaria Municipal da Saúde.


Já as feiras livres ficam condicionadas ao cumprimento de protocolo específico, conforme determinado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SSMSAN).


Feiras de artesanato ficam condicionadas ao cumprimento de protocolo específico, conforme determinado pelo Instituto Municipal de Turismo (Curitiba Turismo).


As igrejas e os templos deverão observar a resolução da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), que regulamenta a realização das atividades religiosas de qualquer natureza, com a ressalva de que no espaço destinado ao público deve ser observada a ocupação máxima de 25%, garantido o afastamento mínimo de 1,5 entre as pessoas, em todas as direções.


Conforme a prefeitura, para todas as atividades em funcionamento devem ser respeitadas as normas do Protocolo de Responsabilidade Sanitária e Social, além de protocolos específicos de cada área de atuação.



2 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png