• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Decreto da Prefeitura de Foz segue determinações do Governo do Estado


Ampliação do horário do funcionamento das atividades gastronômicas para as 21h também foi acompanhada pelo decreto municipal_


A partir desta sexta-feira (28), Foz do Iguaçu seguirá o toque de recolher das 20h às 5h, conforme determinação do Governo do Estado nesta semana. A prefeitura também acompanhou a alteração no decreto do governador Ratinho Junior que ampliou em uma hora o funcionamento das atividades gastronômicas, porém o consumo de bebidas nesses locais só pode ocorrer até as 20h.


O decreto que estabelece as medidas restritivas para conter a disseminação do coronavírus foi publicado nesta quinta-feira (27) pela Prefeitura de Foz do Iguaçu. Conforme já anunciado pelo prefeito Chico Brasileiro, a cidade não terá o fechamento total das atividades como nos últimos dois finais de semana


No entanto, no domingo só poderão funcionar os serviços essenciais e, das 11h às 15h, restaurantes, com reserva antecipada de meses, e vendas de carne assada e acompanhamentos. Já os serviços de delivery podem funcionar 24h, ficando proibida a retirada no balcão após as 20h.


Durante a semana, as atividades comerciais de rua e de prestação de serviços não essenciais, galerias e centros comerciais deverão funcionar das 8h às 18h, localizadas na região da Vila Portes, e das 9h às 19h, localizadas na região Central. Shoppings podem funcionar das 10h às 20h. Nas demais regiões, o funcionamento será das 8h às 18h. O transporte coletivo irá operar até às 22h, com limitação de 50% da capacidade do veículo.


O decreto proíbe as reuniões residenciais/domiciliares acima de seis pessoas, entre adultos e crianças. A intenção é evitar a transmissão da covid-19 nesses encontros, onde muitas vezes as medidas de prevenção, como uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos são relaxadas.


As aulas na rede pública municipal e estadual, bem como nas instituições públicas de ensino médio, superior e de pós-graduação, ficam suspensas, pelo período de 15 dias.


*Momento crítico*


A adoção das medidas estabelecidas pelo governo estadual leva em consideração a situação epidemiológica do município. De acordo com a Vigilância Sanitária, a média móvel de casos em Foz estabilizou em um número elevado, de 113 casos. Em uma semana, foram registradas 32 mortes pela doença - uma média de 4,5 óbitos por dia. A ocupação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal Padre Germano Lauck está em 100% há um mês.


A Prefeitura, para desafogar o atendimento no hospital e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Morumbi, que agora atende somente os casos positivos da doença, colocou a Unidade Básica de Saúde (UBS) 24h Horas Padre Ítalo somente para assistência aos casos sintomáticos. Outras nove UBS também fazem o atendimento dos casos suspeitos.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47997

29 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png