• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Comércio de Foz do Iguaçu poderá abrir na segunda-feira, 8, mas com restrição


Limitação de atendimento será de 30% da capacidade. Medida é para evitar mais desemprego


A partir de segunda-feira, dia 8, o comércio em geral, atividades gastronômicas e industriais, além do setor de serviços poderão reabrir em Foz do Iguaçu, mas com limitação a 30% da capacidade de atendimento - incluindo as atividades essenciais.


A decisão foi tomada pelo prefeito Chico Brasileiro após uma série de rodadas de reuniões com representantes dos empresários, para evitar que se agrave a crise de desemprego já provocada pela pandemia da covid-19.


Em boa parte, o decreto municipal acompanha a orientação do governo estadual em relação ao enfrentamento da pandemia. Está mantida a restrição da circulação de pessoas entre 20h e 5h. A flexibilização será feita com o acompanhamento do cenário epidemiológico e poderá ser revertida a qualquer momento, com base nos dados da saúde.


As novas medidas foram divulgadas pelo prefeito em uma live transmitida pelo Facebook da Prefeitura de Foz neste sábado, 06. Somente em uma semana, entre sábado (27) e esta sexta-feira (05), foram confirmados 1.880 novos casos e 32 mortes pela doença em Foz do Iguaçu.


Atualmente, a ocupação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Padre Germano Lauck é de 100%, utilizando recursos extras para o atendimento aos pacientes em estado grave. Nesta semana, a Itaipu anunciou aportes de R$ 15 milhões em um plano de contingência para garantir a abertura de novos leitos, compra de equipamentos e insumos. O Municipal é referência de atendimento de casos do novo coronavírus pelo Sistema Único de Saúde.


Embora em Foz do Iguaçu a assistência de todos os pacientes tenha sido garantida, o diretor do hospital municipal, Sergio Fabriz, destacou a alta taxa de confirmação de casos. “De cada 10 exames feitos, sete são positivos. É preciso que sejam mantidos os cuidados, como o uso de máscaras, porque somente assim iremos vencer essa pandemia. Se não, poderemos entrar em uma situação muito mais complexa, como já acontece em outras cidades”.


*Decreto*


O decreto municipal, publicado no Diário Oficial do município neste sábado, 06, estabelece que as atividades comerciais, gastronômicas e industriais, e o setor de serviços deverão funcionar nos seguintes horários: das 8h às 17h, na região entre a Vila Portes, Jardim Central e Vila Brasília; das 9h às 18h, na região central, entre Vila Iolanda, Jardim América e Vila América; das 11h às 20h shoppings centers; nas demais regiões, o funcionamento será no horário comercial convencional.


Não foi uma decisão fácil permitir a reabertura do comércio num momento tão delicado, segundo o prefeito Chico Brasileiro. A Prefeitura, disse, faz um enorme esforço pela preservação da vida, mas também não pode descuidar da manutenção de empregos e renda.


A abertura do comércio, com restrição ao número de pessoas atendidas, garante a atividade e, ao mesmo tempo, tem pouca influência nos números da pandemia, desde que sejam obedecidos os protocolos de segurança sanitária. Haverá aumento na fiscalização das medidas de distanciamento social, uso obrigatório de máscara de proteção facial e de álcool em gel.


*Outras restrições*


O decreto da Prefeitura também suspende aulas presenciais nas redes pública municipal e privada de ensino. Fica suspenso, ainda, o funcionamento de estabelecimentos como discotecas, danceterias e salões de dança; casas noturnas, de shows e de eventos; salões de convenção; cinemas e teatro; festas e aglomerações residenciais; tabacarias com consumo no local; clubes e chácaras de lazer.


No domingo, dia 14, nenhuma atividade poderá funcionar, com exceção de farmácias, urgência e emergência médica humana e animal; serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; serviços funerários; serviço de fiscalização; provedores de acesso às redes de comunicações, telecomunicação e internet; transporte privado de passageiros nos casos excepcionais; atrativos turísticos; meios de hospedagem e transporte turístico.


As medidas estabelecidas pelo decreto vigoram no período entre 8 e 15 de março.


*Fiscalizações*


O prefeito também informou que quem for flagrado em desobediência aos decretos estadual e municipal será multado pela fiscalização. Nos dois dias anteriores, quarta e quinta-feira, os fiscais apenas advertiram quem estivesse sem máscara ou fosse encontrado na rua depois das 20 horas.


Isso vale, inclusive, para a pista de caminhada da Avenida Paraná, onde menos da metade das pessoas que utilizam aquele espaço tem por hábito a utilização de máscaras de proteção. Já no final da tarde desta sexta-feira, horário de maior frequência na pista de caminhada, os fiscais estarão a postos para aplicar multas.


Chico Brasileiro instou a que ninguém promova ou vá a festas, mesmo em municípios próximos, porque a fiscalização estará atenta também a quem tiver tomado bebidas, o que indica a participação em comemorações não permitidas.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47532#


Confira o decreto completo pelo link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/pdf-4862&diario

28 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png

TORRE MARECHAL

Rua Marechal Floriano Peixoto, 960

Centro - Foz do Iguaçu / PR,

CEP: 85010-250

Salas: 53 e 54 - 5° Andar

Telefone: (45) 3526-1248

© 2020 . ORGULHOSAMENTE CRIADO POR AGÊNCIA LUDKUS