• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Ciudad del Este terá toque de recolher a partir de terça-feira, 27


O país vai intensificar a fiscalização com apoio de todas as forças policiais para que o decreto seja cumprido.


O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, estabeleceu novas medidas de restrição para o país. Entre as medidas, que passam a valer a partir do dia 27 de abril, terça-feira, e seguem até o dia 10 de maio, está o toque de recolher, iniciando às 20h e encerrando às 5h da manhã. As restrições valem para cidades que estão em alerta vermelho para a Covid-19, incluindo Ciudad del Este.

Além do toque de recolher, outras medidas de restrição foram implantadas como proibição de eventos, incluindo religiosos, com mais de 25 pessoas. Em ambientes abertos os eventos poderão contar com 50 pessoas e ter no máximo 4 horas de duração. Não é permitido festas familiares com pessoas que não sejam da residência.

Também estão proibidas atividades esportivas com equipes coletivas, apenas individuais estão permitidas. Nos restaurantes, apenas quatro pessoas podem ocupar a mesma mesa, com agendamento e com dois metros de distância, dentro do horário permitido, e a orientação é para que seja priorizado o atendimento delivery.

São 57 cidades dentro do alerta vermelho sendo elas, além de Ciudad del Este, Asunción, Loma Plata, Coronel Oviedo, San José de los Arroyos, Caazapá, Curuguaty, Areguá, Capiatá, Fernando de la Mora, Guarambaré, Itá, Itauguá, J. Augusto Saldivar, Lambaré, Limpio, Luque, Mariano Roque Alonso, Ñemby, San Antonio, San Lorenzo, Villa Elisa, Villeta, Ypacaraí, Ypané y Concepción.

Também estão inclusas as cidades de San Lázaro, Altos, Atyrá, Caacupé, Emboscada, Eusebio Ayala, Itacurubí de la Cordillera, Piribebuy, San Bernardino, Villarrica, Bella Vista, Cambyretá, Capitán Miranda, Encarnación, Fram, Hohenau, Natalio, Obligado, Yatytay, Ayolas, San Ignacio, San Juan Bautista, Santa Rosa Misiones, Pilar, Carapeguá, Paraguarí, Pirayú, Yaguarón, Ybycuí, Benjamín Aceval y Villa Hayes. Nas demais cidades a circulação está proibida entre 23h59 até às 5h da madrugada.

Em coletiva de imprensa, o Ministro de Saúde, junto com os Ministros do Interior e de Defesa Nacional informaram que as medidas foram necessárias para conter o avanço da Covid-19 no país. atualmente o Paraguai se encontra em um pico histórico da doença com mais de 17 mil casos semanais. O país vai intensificar a fiscalização com apoio de todas as forças policiais para que o decreto seja cumprido.

Fonte: Agência IP e Rádio Cultura

81 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png