• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Cancelado ou adiado: saiba como a Covid-19 mudou o Carnaval no Brasil em 2021


Foliões de todo o Brasil estão em contagem regressiva para uma data que ainda não tem previsão de chegada: o Carnaval 2021. Com a pandemia do novo coronavírus, as cidades onde ocorrem as principais festas cancelaram ou suspenderam os eventos para não causar aglomeração e evitar a proliferação da Covid-19. A certeza é de que em fevereiro, mês previsto para o Carnaval, entre os dias 13 e 16 em 2021, a festa não acontecerá em Belo Horizonte, Florianópolis, São Paulo, Salvador, Recife e Rio de Janeiro.


Belo Horizonte

Na capital mineira, o Carnaval está suspenso e seguirá o calendário definido por Salvador e Rio de Janeiro. “Ainda não há nenhuma definição e o diálogo permanece constante com toda a cadeia produtiva do Carnaval. A decisão de uma nova data depende das condições sanitárias acompanhadas pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da prefeitura além de medidas que possam garantir a segurança dos foliões”, disse a PBH em nota. Também estão suspensas as festas particulares, independentemente do uso de espaços públicos ou privados. “Não há nenhuma previsão legal para realização de festas em clubes, casas de festas ou em outros espaços e eventos que estão com os alvarás suspensos”, garantiu.

Sobre o feriadão, a prefeitura informou que uma eventual transferência dos pontos facultativos ainda será discutida pelo município.


Florianópolis

Com tradição no Sul em desfiles de escola de samba, Florianópolis também atrai turistas na data em razão das praias na ilha. De acordo com a prefeitura, já está decidido que a festa está vetada para 2021, tanto em relação ao evento das agremiações no sambódromo quanto aos blocos de rua. O anúncio do veto foi em 21 de dezembro pelo prefeito Gean Loureiro (DEM). A prefeitura afirma que as festas “não devem acontecer, enquanto a população não é vacinada”. O feriadão está mantido.


São Paulo

Em São Paulo, a prefeitura diz que o Carnaval 2021 não está cancelado, mas condicionada a festa “à imunização da população contra a Covid-19 e, por conta disto, não há uma data definida”. Em nota, a cidade informou que já articulou conversas com Salvador sobre a definição de uma data conjunta. “A ideia é estender as tratativas para outros centros carnavalescos como as cidades de Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife, para que o Carnaval 2021 possa acontecer em todas as cidades brasileiras na mesma data, mantendo a tradição cultural e sua potência turística”, explicou.


Salvador

Conhecido pelos desfiles de blocos na orla, Salvador anunciou a suspensão do Carnaval 2021 enquanto não existirem condições sanitárias adequadas, sobretudo, a disponibilização de uma vacina contra a Covid-19. É o mesmo posicionamento adotado em 27 de novembro pelo então prefeito ACM Neto (DEM). “Sobre a manutenção da data como feriado ainda não há resolução”, afirma a nova gestão, de Bruno Reis (DEM). Em Salvador, a prefeitura ratificou que não existe permissão para realização de festas.


Recife

O frevo em Recife não acontecerá em 2021 em razão do decreto anunciado em 17 de dezembro de 2020 pelo governo de Pernambuco, que cancelou a atividade em todo o estado. O prefeito João Campos (PSB) reunirá na quarta-feira (6) com seu secretariado para “discutir como amparar toda a extensa cadeia produtiva e criativa tradicionalmente envolvida na realização do maior e mais autêntico ciclo festivo da cidade, diante do cancelamento da festa”. A mesma decisão abrange as festas particulares. Já quanto ao feriado, o calendário está mantido.


Rio de Janeiro

A RioTur, pasta responsável pela festa, informou apenas que ainda não existe uma definição da data para o Carnaval 2021. A certeza é de que não será em fevereiro.

A autarquia afirma que, “em breve”, o prefeito Eduardo Paes (DEM) anunciará as medidas a serem adotadas sobre a festividade, em alinhamento com as entidades de escolas de samba e blocos.


fonte: CNN Brasil

8 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png

TORRE MARECHAL

Rua Marechal Floriano Peixoto, 960

Centro - Foz do Iguaçu / PR,

CEP: 85010-250

Salas: 53 e 54 - 5° Andar

Telefone: (45) 3526-1248

© 2020 . ORGULHOSAMENTE CRIADO POR AGÊNCIA LUDKUS