• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Bolsonaro recebe ministros, Lira e Pacheco para tratar de vacinas, auxílio e PEC Emergencial


O presidente Jair Bolsonaro recebeu na noite deste domingo (28), no Palácio da Alvorada, os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG); e os ministros Eduardo Pazuello (Saúde), Paulo Guedes (Economia), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Braga Netto (Casa Civil).


No encontro, segundo o Blog apurou, Eduardo Pazuello apresentou um cronograma de entrega de doses de vacinas contra a Covid-19. Aos presentes, Pazuello disse que o Ministério da Saúde disponibilizará 25 milhões de doses em março e 53 milhões em abril.


O general do Exército também afirmou que dependia de uma medida provisória, editada na semana passada e que liberou R$ 2,8 bilhões ao Ministério da Saúde, para poder reabrir leitos nos estados.


Segundo relatos, na reunião, todos os presentes criticaram o fechamento total do comércio e de serviços, o chamado lockdown.


Na semana passada, vários estados e o Distrito Federal adotaram medidas para restringir a circulação de pessoas, e tentar frear a propagação do novo coronavírus, que já matou mais de 255 mil brasileiros.

Na reunião no Alvorada, alguns presentes recomendaram reforço de medidas de proteção, como o uso de máscaras, e que aglomerações sejam evitadas. Neste momento, conforme apurou o Blog, o presidente Jair Bolsonaro, que é contrário às medidas, silenciou.


Os parlamentares e os ministros também conversaram sobre a pauta de votações no Congresso. Eles defenderam a aprovação da PEC Emergencial, em análise no Senado, para que o governo possa pagar novas rodadas do auxílio emergencial já a partir de março.


A PEC Emergencial prevê uma série de medidas de ajuste fiscal e também abre caminho para novos pagamentos do auxílio.

0 visualização0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png