• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Bolsonaro alerta para os perigos do marco temporal das terras indígenas


Jair Bolsonaro alertou na live da última quinta-feira (26) sobre as consequências da votação do marco temporal das terras indígenas, que está em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente da República chamou a atenção para as questões econômicas e inflacionárias ligadas à medida, que voltará a ser discutida na Corte na próxima quarta-feira (1).


“Se for reinterpretado o marco temporal, segundo a ministra Tereza Cristina, podemos dobrar o número de terras indígenas demarcadas. Isso aí vai inviabilizar, vai causar sérios transtornos para todos nós aqui no Brasil”, disse.


Os índios que estão acampados na Esplanada dos Ministérios vieram até Brasília para pressionar contra a aprovação da medida no STF.


No entanto, na última semana, protagonizaram um protesto contra o presidente da República. São cerca de 6 mil indígenas.


“A gente espera que o STF não reinterprete o marco temporal, porque se começarmos a termos problemas para produzir, vão ter problemas na balança comercial e a inflação de alimentos — que sim, existe — vai aumentar mais ainda. E o que é pior, pode ter o desabastecimento”, afirmou Bolsonaro.



3 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png