• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Biblioteca Pública cria novos canais de comunicação para incentivar a leitura

Biblioteca Pública cria novos canais de comunicação para incentivar a leitura e ampliar o número de frequentadores



Público pode conhecer o acervo e obter informações sobre os projetos através do Facebook e Instagram


Você sabia que a Biblioteca Pública Elfrida Engel possui mais de 70 mil obras catalogadas em todas as áreas do conhecimento, e todos os livros estão à disposição dos moradores de Foz do Iguaçu? Além disso, a biblioteca disponibiliza salas para estudos e pesquisas com wi-fi e realiza projetos de doação de livros ao público.

Estas e outras novidades estão sendo divulgadas diariamente por meio das redes sociais da Biblioteca no Facebook (https://www.facebook.com/Biblioteca-P%C3%BAblica-Municipal-Elfrida-Engel-Nunes-Rios-Foz-do-Igua%C3%A7u-PR-102459631868988)e Instagram (https://www.instagram.com/bibliotecapublicafoz/?igshid=10k8zikxwrb40).


Os novos canais de comunicação foram criados neste mês com intuito de incentivar a leitura e o empréstimo de livros, além de fidelizar e ampliar o número de leitores.


Através das redes sociais, o público tem acesso às informações sobre o acervo, aquisição de livros, cadastro, empréstimos e projetos. “Grande parte da população não tem conhecimento da quantidade de livros e das novas aquisições da biblioteca. Vimos a necessidade de gerar conteúdos e dar mais visibilidade às ações”, explicou o auxiliar de biblioteca Jan Marques.


O canal de mensagens via Whatsap foi implantado no ano passado, devido a pandemia, e se tornou uma ferramenta importante de contato com os leitores. “A renovação (semanal) dos livros não precisa mais ser feita de forma presencial. Muitas pessoas também enviam dicas de livros para aquisição e fazem consultas sobre as obras via whats”, contou Jean.


“Algumas pessoas pensam que na biblioteca só existem livros antigos, mas nós temos atualizado semanalmente a relação de obras e temos hoje a maioria dos best sellers (mais vendidos) da Amazon”, enfatizou Ana Freitas, responsável pela biblioteca.


*Novo Sistema*


A criação dos novos canais de comunicação integra o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Paraná, coordenado e administrado pela Biblioteca Pública do Paraná. Com a migração do sistema, será possível atualizar o banco de dados da biblioteca, informatizar o acervo e aperfeiçoar os serviços.


“Hoje nós temos quase 13 mil pessoas cadastradas, e esse número vem desde os anos 90. Queremos, com o novo sistema, atualizar estes dados e ter estatísticas mais fiéis sobre o nosso público. De maneira geral, teremos um sistema mais robusto e eficaz”, explicou Ana.


*Visitas*


O espaço recebe hoje cerca de 15 a 20 pessoas por dia, seja para o empréstimo de livros, para estudos ou novos cadastros. A maioria do público é formada por crianças (acompanhadas dos pais) e mulheres.


A advogada Tieli Mezzomo é uma das frequentadoras assíduas da Biblioteca Pública. A cada quinze dias, ela atualiza a relação de livros para ela e o filho, de cinco anos. “Comecei a frequentar há uns cinco anos, na época da faculdade, e vinha para fazer pesquisas. Agora venho sempre e escolhos os livros para o mês, é uma leitura para lazer e um incentivo pro meu filho”, contou.


*Informações*


A Biblioteca Municipal está localizada na Rua Benjamin Constant, 62, no Centro. O horário de funcionamento é das 8h às 14 horas, de segunda a sexta-feira. Para estudos e pesquisas, é necessário consultar a disponibilidade, devido ao protocolo sanitário de prevenção à Covid-19.


*História*


Criada em 06 de setembro de 1963, pela Lei nº 385/63, na gestão do então Prefeito Emílio Gomes, a Biblioteca Pública Elfrida Engel Nunes Rios – nome em homenagem à pioneira da cidade – teve sua primeira sede em uma das salas da Prefeitura Municipal.


Desde 1997, está instalada na atual sede da Fundação Cultural, onde, em 2002, foi criado também um espaço exclusivo para as instalações da biblioteca infanto-juvenil.


No ano 2005, a biblioteca passou a ser informatizada – um passo importante para a modernização e dinamização no atendimento ao usuário. O espaço comporta ainda a Biblioteca do Turismo, com um acervo de 23 mil peças, entre livros, fitas, folhetos, revistas, jornais e CDS.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47376

6 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png