• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Argentinos de Formosa protestam contra quarentena e são reprimidos pela polícia


Centenas de argentinos da cidade de

Formosa, na província homônima situada na fronteira com o Paraguai, protestaram neste sábado (6), pelo segundo dia consecutivo, contra nova quarentena imposta pelo governador peronista Gildo Insfran, criticado recentemente por organizações internacionais depois que vieram à tona relatos de violações de direitos humanos cometidas por sua administração na tentativa de conter a propagação do coronavírus.

Nesta sexta-feira (5), houve uma dura repressão da polícia, segundo a imprensa argentina, que resultou em vários manifestantes feridos e detidos. Nas redes sociais circulam imagens que mostram pessoas com ferimentos de bala de borracha e policiais lançando gás de pimenta para afastar manifestantes. A oposição na Argentina afirmou que 93 foram detidos e que dezenas ficaram machucados, mas não há informação oficial do governo de Formosa.

Fonte: Gazeta do Povo

25 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png