• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

Aras é sabatinado na CCJ do Senado para recondução à PGR; acompanhe


Procurador-Geral da República, Augusto Aras foi indicado para mais dois anos no cargo; após aprovação na CCJ, é necessária votação no plenário do Senado


O Senado Federal realiza nesta terça-feira (24), a partir das 10 horas, a sabatina da recondução de Augusto Aras ao cargo de chefe da Procuradoria-Geral da República (PGR) para mais dois anos de mandato. Nos bastidores, a aprovação do nome é dada como certa.


Nesta terça-feira (23), o senador Eduardo Braga (MDB-AM), relator da recondução de Aras na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), entregou ao Congresso relatório favorável à recondução.


No documento, o parlamentar faz uma longa defesa da atuação do PGR e diz haver elementos para sua recondução. “Entendemos que as Senhoras Senadoras e os Senhores Senadores integrantes desta Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania dispõem de suficientes elementos para deliberar sobre a indicação do Senhor Antônio Augusto Brandão de Aras para ser reconduzido ao cargo de Procurador-Geral da República”, diz trecho de documento


Braga defende ainda que Aras procurou, durante sua gestão na PGR, atuar na solução de conflitos de forma “extraprocessual e preventiva”.


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recomendou a recondução de Aras ao cargo em 20 de julho. Ao indicá-lo para a recondução, Bolsonaro ignorou pela segunda vez a lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Na primeira vez que foi nomeado procurador-geral, Aras sequer disputou a eleição interna. Ele ocupa o cargo desde setembro de 2019.


A reunião da CCJ vai ser realizada de forma semipresencial, com alguns senadores no plenário da comissão e outros em participação remota.

10 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png