• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

André Mendonça deve ser indicado ao STF


Informações vazadas de uma reunião ministerial que aconteceu nessa terça-feira (6) no Palácio da Alvorada confirmam que o presidente da República, Jair Bolsonaro, vai indicar André Mendonça, atual chefe da Advocacia-Geral da União, para o Supremo Tribunal Federal (STF).


“Todos sabem: é a minha vontade”, teria dito o presidente segundo fontes. Mendonça ocuparia a vaga de Marco Aurélio Mello, que se aposenta este mês.


O anúncio oficial e o encaminhamento do nome de Mendonça ao Senado devem acontecer depois que Marco Aurélio oficializar sua aposentadoria no próximo dia 12 de julho.


Ao comentar sobre a possível indicação, o ministro Marco Aurélio disse que não há constrangimento na indicação do nome de Mendonça.


“A mim, não [causa constrangimento]. O ideal é que se tenha a vaga aberta. Mas não critico a iniciativa do presidente”, disse o decano.


O analista político José Carlos Sepúlveda afirmou durante o Boletim da Noite de terça-feira (6) que não existe um consenso do povo brasileiro a respeito dessa possível nomeação. Sepúlveda apontou ainda que o povo brasileiro vive atualmente uma das situações institucionais mais graves que o Brasil já viveu até hoje.


“Nós temos um STF completamente descontrolado no seu poder, um STF em que ninguém põe limites, que abusa de seu poder. Nós estamos vendo isso na votação na questão da PEC do voto auditável. Nós temos ministros do STF propondo mudança de regime, para regime semipresidencialista no Brasil, sem consultar ninguém, tudo isso está acontecendo”, disse Sepúlveda.

3 visualizações0 comentário
Logo_Rádio_Mundial.png