• REDAÇÃO GM Brasil Notícias

51% da população de Foz já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid


Redução de óbitos entre idosos é um dos indicativos da eficácia da campanha de imunização_


O painel municipal de vacinação registra que 51% da população adulta de Foz do Iguaçu já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. No total, já foram aplicadas 128 mil vacinas entre a primeira e segunda doses e as pessoas que já receberam as duas doses são 13,8% deste contingente. A vacinação é a forma mais eficaz de proteção à doença, de todos os moradores da cidade, além de diminuir significativamente o risco de contágio.


Os primeiros grupos prioritários vacinados foram os profissionais de saúde e os idosos. Desde então, o percentual de mortes causadas pela doença em idosos tem diminuído. Com o aumento da vacinação reduziu-se em quase 29% o número de óbitos de pessoas com mais de 60 anos, comparando os dois primeiros meses de 2021.


"Temos a certeza de que com a vacinação vamos controlar a pandemia. Vemos a redução de mortes em idosos como mais um dado emblemático da importância da vacina para frear o contágio e os casos graves da doença. Esperamos receber mais vacinas nos próximos dias para poder dar continuidade à imunização de toda a população acima de 18 anos", destacou Rosa Jeronymo, secretária de Saúde.


*Cuidados*


Mesmo com o avanço da vacinação, o prefeito Chico Brasileiro alertou para a importância de manter as medidas restritivas para evitar a transmissão do vírus. "Continuamos com 100% de lotação nos leitos exclusivos para casos de covid. Temos 70 leitos no hospital municipal e hoje todos estão ocupados. Com as medidas restritivas, conseguimos reduzir de forma significativa a espera por leitos, o que já foi um grande avanço, mas ainda precisamos da contribuição de todos para possamos superar esta pandemia", disse.


"A vacinação ajuda na redução dos casos graves, mas ainda não estamos no momento de relaxar as medidas. Enquanto não tivermos pelo menos 70% da população completamente imunizada, relaxar as medidas pode custar a vida de muitas pessoas", completou.


Especialistas afirmam que quando imunizada, mesmo com a covid, a pessoa não tem sintomas graves e se recupera de forma mais rápida e sem complicações. Mesmo assim, os cuidados básicos continuam sendo essenciais para não contaminar outras pessoas, principalmente porque a taxa de vacinação na população em geral ainda é baixa. "Nenhuma vacina é 100% eficaz quando se tem uma alta circulação do vírus", disse a coordenadora do Programa de Imunização, Adriana Izuka.


*Vacinas*


Foz do Iguaçu faz uso de três imunizantes aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a CoronaVac, fabricada pela Sinovac (China) e Instituto Butantan (Brasil); AstraZeneca, fabricada pela AstraZeneca, Oxford e Fiocruz; e Pfizer, fabricada pela Pfizer e BioNTech.


Segundo o Governo do Estado, esta semana será distribuída aos municípios a Janssen, vacina recombinante, fabricada pela Janssen-Cilag, braço farmacêutico da Johnson & Johnson. Não há data para entrega e nem o quantitativo que será recebido pelos municípios. O que se sabe, por enquanto, é que esta vacina pode dar um salto na vacinação contra a doença, pois é a primeira aprovada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) com o regime de imunização de apenas uma dose.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-48147

3 visualizações0 comentário
Azul.png
Logo_Rádio_Mundial.png